Um estabelecimento que só faz registros fiscais pode ser considerado um "escritório contábil"?

Quem fala sobre este tema, no programa Conversando sobre Contabilidade desta semana (1/8), é o Contador e Professor Salézio Dagostim. Para Dagostim, contabilidade e patrimônio se confundem, pois a “contabilidade” estuda e cria o patrimônio monetário das pessoas jurídicas. Assim, uma atividade só pode considerada “contábil” quando envolver o patrimônio da pessoa jurídica. Se o trabalho for isolado, não tendo por objetivo formar as demonstrações contábeis, este trabalho não deve ser considerado “contábil”, afirma Dagostim.

 

Exibir Comentários